PROCESSO SELETIVO 2022 INSCREVA-SE

GRADUAÇÃO - BACHARELADO E LICENCIATURA EM PSICOLOGIA

Agora, é necessário aguardar o MEC publicar a portaria de autorização no Diário Oficial

PERFIL DO EGRESSO BACHAREL EM PSICOLOGIA

As metas propostas para o Curso de Psicologia da Faculdade Noroeste do Mato Grosso ? AJES proporcionam ao discente que receba formação com capacitação teórica e prática suficientemente concisa e diferenciada, garantindo ao graduando uma maior possibilidade de atuação profissional num mercado de trabalho seletivo e competitivo. 

A Instituição tem como filosofia formar profissionais críticos, reflexivos e com sensibilidade solidária, de modo que respondam adequadamente às demandas sociais impostas por uma sociedade tecnológica, globalizada e competitiva. Não basta ao graduando apenas o conhecimento técnico e teórico para a solução das questões que irá encontrar em sua vida profissional.

A criatividade é uma característica que deve ser estimulada, pois, a todo momento, o profissional se deparará com uma nova situação, com um mundo desconhecido. Assim, o curso oferta um ensino da Psicologia numa perspectiva científica, numa visão global do homem e dos fenômenos psicológicos como relações entre o homem em sua pluralidade e os fatores físicos, biológicos, sociais, culturais e espirituais que o circundam e com os quais interage.

Desse modo, procuramos uma formação que parte da concepção de Psicologia como ciência e profissão em construção, em que a diversidade de teorias e métodos em evolução impõe o desenvolvimento do senso crítico e obriga à reflexão epistemológica. A Faculdade Noroeste do Mato Grosso - AJES concebe, assim, um curso de Psicologia numa perspectiva interdisciplinar como ciência que, além de sua especificidade, mantém interface com outras ciências que juntas melhor propiciem o empreendimento individual, coletivo; socialmente responsável e abrangente.

COMPETÊNCIAS, HABILIDADES E ÊNFASES

O psicólogo formado pela Faculdade Noroeste do Mato Grosso - AJES deverá, portanto, desenvolver competências para:

  • Dominar os conceitos básicos produzidos pela Psicologia enquanto campo do saber para atuar em diferentes áreas de exercício profissional;
  • Investigar e fazer a leitura de uma dada realidade a partir de um referencial teórico consistente norteado por um pensamento crítico e reflexivo;
  • Diagnosticar, planejar e propor ações de intervenção ao nível individual e social com o objetivo de promover qualidade de vida em diferentes contextos;
  • Organizar equipes de trabalho e atuar interdisciplinarmente com profissionais de áreas afins de conhecimento;
  • Desenvolver ações qualificadas de atenção integral à saúde em nível individual e coletivo;
  • Estimular nas pessoas, grupos e comunidades o desenvolvimento das necessárias habilidades e competências para a análise e a transformação da realidade, promovendo a participação e o controle social nos processos de mudança;
  • Nortear suas ações por princípios éticos.
  • Analisar o campo de atuação profissional e seus desafios contemporâneos;
  • Analisar o contexto em que atua profissionalmente em suas dimensões institucional e organizacional, explicitando a dinâmica das interações entre os seus agentes sociais;
  • Identificar e analisar necessidades de natureza psicológica, diagnosticar, elaborar projetos, planejar e agir de forma coerente com referenciais teóricos e características da população-alvo;
  • Identificar, definir e formular questões de investigação científica no campo da Psicologia, vinculando-as a decisões metodológicas quanto à escolha, coleta e análise de dados em projetos de pesquisa;
  • Escolher e utilizar instrumentos e procedimentos de coleta de dados em Psicologia, tendo em vista a sua pertinência;
  • Avaliar fenômenos humanos de ordem cognitiva, comportamental e afetiva, em diferentes contextos;
  • Realizar diagnóstico e avaliação de processos psicológicos de indivíduos, de grupos e de organizações;
  • Coordenar e manejar processos grupais, considerando as diferenças individuais e socioculturais dos seus membros;
  • Atuar inter e multiprofissionalmente, sempre que a compreensão dos processos e fenômenos envolvidos assim o recomendar;
  • Relacionar-se com o outro de modo a propiciar o desenvolvimento de vínculos interpessoais requeridos na sua atuação profissional;
  • Atuar, profissionalmente, em diferentes níveis de ação, de caráter preventivo ou terapêutico, considerando as características das situações e dos problemas específicos com os quais se depara;
  • Realizar orientação, aconselhamento psicológico e psicoterapia;
  • Elaborar relatos científicos, pareceres técnicos, laudos e outras comunicações profissionais, inclusive materiais de divulgação;
  • Apresentar trabalhos e discutir ideias em público;
  • Saber buscar e usar o conhecimento científico necessário à atuação profissional, assim como gerar conhecimento a partir da prática profissional.

COMPETÊNCIAS

Destacamos que as competências básicas devem se apoiar nas habilidades de:

  • Levantar informação bibliográfica em indexadores, periódicos, livros, manuais técnicos e outras fontes especializadas através de meios convencionais e eletrônicos;
  • Ler e interpretar comunicações científicas e relatórios na área da Psicologia; III - utilizar o método experimental, de observação e outros métodos de investigação científica;
  • Planejar e realizar várias formas de entrevistas com diferentes finalidades e em diferentes contextos;
  • Analisar, descrever e interpretar relações entre contextos e processos psicológicos e comportamentais;
  • Descrever, analisar e interpretar manifestações verbais e não verbais como fontes primárias de acesso a estados subjetivos;
  • Utilizar os recursos da matemática, da estatística e da informática para a análise e apresentação de dados e para a preparação das atividades profissionais em Psicologia

ÊNFASES

               Diante da amplitude das possibilidades de atuação do profissional de Psicologia e fruto da identificação de demandas sociais contextualizadas, aliadas às características institucionais, no que vai desde a composição de seu corpo docente até a história marcada por múltipla experiência e abrangência do olhar e das ações do Curso de Psicologia da Faculdade Noroeste do Mato Grosso ? AJES, optou-se pela oferta de 02 (duas) ênfases ? Psicologia e Processos de Gestão” e “Psicologia e Processos Clínicos” ? as quais, segundo as Diretrizes Curriculares Nacionais, devem ser entendidas como um conjunto delimitado e articulado de competências e habilidades que configuram oportunidades de concentração de estudos e estágios em algum domínio da Psicologia, tendo em vista a integralização dos perfis formativos geral e específico.

                Assim, a partir da opção por essas ênfases, vislumbra-se a possibilidade de permitir ao estudante o trânsito por variados campos e contextos de atuação, não se prendendo, entretanto, às áreas históricas e tradicionais do saber psicológico, antes, sendo incentivado a todo tempo para o desenvolvimento de um modo de olhar amplo, complexo e inter-relacionado com outros saberes e práticas.

               Em consonância com as Diretrizes Curriculares Nacionais, o curso de Psicologia da Faculdade Noroeste do Mato Grosso - AJES oferece ao aluno oportunidade de escolha entre duas ênfases curriculares:

PSICOLOGIA E PROCESSOS CLÍNICOS

Trata-se de uma ênfase que busca fomentar o desenvolvimento de competências relativas aos procedimentos no âmbito dos processos clínicos em Psicologia, de forma ética e coerente com referenciais teóricos consistentes e contextualizados, valendo-se de processos como psicodiagnóstico, aconselhamento, psicoterapia e outras estratégias, frente a demandas de ordem psicológica, apresentadas por indivíduos ou grupos em distintos contextos.

Diante desta ênfase, espera-se que, ao término do curso, o aluno desenvolva habilidades e competências ligadas a:

  1. atuar no diagnóstico e prevenção quando na intervenção clínica, compreendida enquanto uma ação de cuidado não restrita ao âmbito de determinada instituição, abordagem ou formatação terapêutica;
  2. realizar intervenções psicoterápicas em diversos ambientes, desde a clínica escola, até ambulatórios, hospitais e instituições diversas;
  3. atuar em equipes multidisciplinares tomando como referência a perspectiva da prática clínica da Psicologia no âmbito da Clínica Ampliada, significando esta um modo de intervenção pautada na responsabilização e tessitura de uma rede integrada de cuidados;
  4. prestar atendimento psicológico em situações de crise e em situações de urgências/emergências;
  5. atuar em projetos de caráter social, atendendo às especificidades das populações assistidas, privilegiando ações de caráter intersetorial;
  6. implementar procedimentos terapêuticos, tendo em vista o atendimento aos diversos segmentos da população, considerando-se questões como gênero, faixa etária, vulnerabilidade social, dentre outros;
  7. fomentar a constante problematização teoria x prática, como forma de não cristalização de conhecimentos e oxigenação contínua desta díade;
  8. avaliar continuamente o impacto das ações interventivas, enfatizando as dimensões técnica e ético-política.

PSICOLOGIA E PROCESSOS DE GESTÃO

Visa garantir ao acadêmico uma formação que o instrumentalize para a atuação em ações de caráter preventivo e de promoção da saúde no trabalho, em níveis individual, coletivo e institucional.

Diante desta ênfase, espera-se que, ao término do curso, o aluno desenvolva habilidades e competências ligadas a:

  1. Priorizar a compreensão integral do ser humano como unidade biopsicossocial, complexa e multideterminada;
  2. Ter compromisso com a defesa e promoção dos Direitos Humanos;
  3. Planejar, implementar e avaliar programas nas áreas de:

3.1 Análise do Trabalho

3.2 Planejamento de Cargos e de Carreira

3.3 Remuneração e Benefícios

3.4 Recrutamento, Seleção, Movimentação e Desligamento

3.5 Treinamento e Desenvolvimento

3.6 Avaliação de Desempenho

3.7 Planejamento Estratégico e Gestão por Competências

3.8 Responsabilidade Social Empresarial

  1. Em todas as áreas supracitadas:

4.1 Solucionar conflitos;

4.2 Propiciar ou (co) responsabilizar-se pelo desenvolvimento dos colaboradores; e

4.3 Efetuar leituras do contexto/cultura organizacional, buscando estratégias adequadas, que favoreçam a condução e desenvolvimento de equipes, entre outras ações que dependem de conhecimentos e habilidades relacionais;

  1. No plano técnico, utilizar instrumentos e procedimentos conhecidos ou disponíveis;
  2. No plano estratégico, integrar a equipe que formula as táticas de ação;
  3. No plano político, integrar a equipe que formula as políticas globais para a organização.

 

PERFIL DO EGRESSO LICENCIADO EM PSICOLOGIA

O egresso que atuar como professor de Psicologia necessitará, além das habilidades e competências que sintetizadas constituem o perfil do egresso graduado em Psicologia, compreender e ter como parâmetro de sua atuação as referências educacionais, culturais e sociais de seus alunos. Dessa forma, é fundamental que sejam observados os princípios indicados pelo § 3° do Art. 13 do Parecer CNE/CES n. 338/2009, corroborados pelo § 3° da Resolução CNE/CES n. 5/2011, os quais promulgam, para a formação do Professor Psicólogo, conteúdos curriculares que:

  • destaquem e promovam uma visão abrangente do papel social do educador, assim como a reflexão sobre sua prática e a necessidade de aperfeiçoamento contínuo do futuro professor;
  • articulem e utilizem conhecimentos, competências e habilidades desenvolvidos no curso de Psicologia para a ampliação e o amadurecimento do papel de professor;
  • considerem as características de aprendizagem e de desenvolvimento dos alunos, o contexto socioeconômico e cultural em que atuarão na organização didática de conteúdos, bem como na escolha das estratégias e técnicas a serem empregadas em sua promoção;
  • promovam o conhecimento da organização escolar, gestão e legislação de ensino referentes à educação no Brasil, assim como a análise das questões educacionais relativas à dinâmica institucional e à organização do trabalho docente;
  • estimulem a reflexão sobre a realidade escolar brasileira e as articulações existentes com as políticas públicas educacionais e o contexto socioeconômico mais amplo.

Nesse sentido, dada a natureza de complementaridade deste Projeto ao Curso de Graduação em Psicologia, o licenciado egresso da Faculdade Noroeste do Mato Grosso - AJES deverá apresentar o seguinte perfil:

  • Educador cuja visão ampla e abrangente em face dos papéis do professor seja uma qualidade imanente;
  • Seja sujeito de uma orientação didático-pedagógica parametrizada por uma prática socializadora e manifestamente inclusiva;
  • Conhecedor da legislação do ensino no país;
  • Capaz de planejar, organizar e gerir os procedimentos didático-pedagógicos alinhados à estrutura curricular e à pluralidade de contexto do público-alvo;
  • Capaz de refletir sobre as realidades que o cercam e tomar iniciativas no sentido de promover a educação em todos os seus fundamentos, criando ou implementando políticas públicas e/ou outros programas que visem o aperfeiçoamento da qualidade e do alcance na formação de pessoas;
  • Capaz de utilizar os conhecimentos, competências e habilidades signatárias de seu processo de ensino e aprendizagem no Curso de Bacharelado em Psicologia, articulando-os aos conhecimentos, competências e habilidades específicos para o exercício do magistério.