GRADUAÇÃO - BACHARELADO EM DIREITO

Agora, é necessário aguardar o MEC publicar a portaria de autorização no Diário Oficial

CAMPO DE ATUAÇÃO DO GRADUADO PELA FACULDADE AJES

O campo de atuação para o egresso do Curso de Direito da Faculdade do Noroeste do Mato Grosso – AJES, considerando o seu percurso formativo, o perfil do egresso e as competências propostas, abrirá oportunidades nas seguintes áreas profissionais:

  • Direito Privado;
  • Direito Público;
  • Direitos Especiais.

O campo de atuação abrirá oportunidades nas diversas áreas profissionais, pois o Direito é uma área de atuação bastante ampla e com inúmeras opções de carreira, que inclui:

a) a advocacia privada, visando à defesa de direitos e interesses individuais ou coletivos nas mais diversas áreas de atuação, seja como profissional liberal, como sócio empreendedor, ou como empregado;

b) as carreiras jurídicas, que possibilitam a atuação na Magistratura Federal, Estadual e do Trabalho, e outras carreiras dentro do Poder Judiciário, Ministério Público, Delegacia de Polícia, e Advocacia Pública, seja na esfera municipal, estadual ou federal;

c) e, ainda, a atuação acadêmica, seja no âmbito do ensino ou da pesquisa.

Dentre as diversas áreas, o egresso poderá atuar nas seguintes áreas do Direito: Direito Constitucional, Direito Administrativo, Direito Tributário, Direito Penal, Direito Civil, Direito Empresarial, Direito do Trabalho, Direito Internacional, Direito Processual; Direito Previdenciário, Direito Ambiental, Direito Eleitoral, Direito Desportivo, Direitos Humanos, Direito do Consumidor, Direito da Criança e do Adolescente, Direito Agrário, Direito Cibernético.

Dentre as áreas profissionais propostas, a do Direito Privado se apresenta como alternativa viável para quem busca uma atuação autônoma e flexível, e o mercado de trabalho se apresenta de forma positiva para bons profissionais, principalmente com o crescente aumento populacional do país, além do expressivo crescimento econômico do Estado de Mato Grosso, com áreas especificas para atuação jurídica, sobretudo o agrobusiness,  com expectativa de criação de novas comarcas, com oportunidades de atuação ou representação pelo profissional privado como mediador da defesa dos interesses dos envolvidos.

No Direito Público, a demanda vem com a criação de novas varas, fóruns, comarcas e necessidade de atuação de profissionais que observem o interesse estatal, prestando serviços jurisdicionais na defesa de direitos para pessoas físicas e jurídicas de direito privado e público. Já a necessidade de prevenir, orientar e resolver conflitos por meio judicial ou extrajudicial com predominância de interesses coletivos, difusos, sobretudo a observância dos direitos de minorias (por exemplo: povos indígenas, e temas como a preservação ambiental), abre oportunidades de atuação para / na área do Direito Especial.