PROCESSO SELETIVO 2022 INSCREVA-SE

CURSOS LIVRES

Curso de Aperfeiçoamento em: Antropologia do Direito

Sobre este curso

EMENTA:

Fundamentos da antropologia jurídica. Cultura. Linguagem e poder. Jeitinho brasileiro e corrupção. Olhares antropológicos: família, crime e julgamento. Pluralismo jurídico. Multiculturalismo e Direitos Humanos. Consumismo e sustentabilidade.

Autor Conteudista: Andrea Cristina Martins (doutora)

Conteúdo do curso

1. Fundamentos da antropologia jurídica
2. Cultura: noções e acepções.
3. Linguagem e poder
4. Jeitinho brasileiro e corrupção
5. Olhares antropológicos: família, crime e julgamento
6. Pluralismo jurídico
7. Multiculturalismo e Direitos Humanos
8. Consumismo e sustentabilidade

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

ARNAUD, André Jean, DUL, Maria José Farina. Introdução a análise sociológica dos sistemas jurídicos. São Paulo: Renovar, 2000.
BOURDIEU, Pierre. Economia das trocas simbólicas. São Paulo: Perspectiva, 1992.
DaMATTA, Roberto. Carnavais, malandros e heróis: para uma sociologia do dilema brasileiro. Rio de Janeiro: Rocco, 1997
DaMATTA, Roberto. Relativizando: uma introdução à antropologia social. Rio de Janeiro: Rocco, 1987.
EAGLETON, Terry. A ideia de cultura. São Paulo: UNESP, 2005.
ELIAS, Norbert. O processo civilizador. V. I. Trad. Ruy Jungmann. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 1994.
HESPANHA, Antonio Manuel. Cultura Jurídica Europeia: Síntese de um Milênio. Florianópolis: Fundação Boiteux, 2005.
LEVI-STRAUSS, Claude. Antropologia estrutural. São Paulo: Cosacnaify, 2008
LIMA, Roberto Kant de & NOVAES, Regina Reyes (Org.). Antropologia e Direitos Humanos (Vol.1). Niterói/ Rio de Janeiro: EdUFF, 2005.
SUPIOT, Alain. Homo juridicus: ensaio sobre a função antropológica do direito. Trad. Maria Ermantina de Almeida Prado Galvão. São Paulo: Martins Fontes, 2007.
WOLKMER, Antônio Carlos. Pluralismo jurídico: fundamentos de uma cultura no direito. São Paulo: Alfa-ômega, 2001.

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

ALMEIDA, Alberto Carlos. A cabeça do brasileiro. Rio de Janeiro: Record, 2007.
APPADURAI, Arjun. A vida social das coisas: as mercadorias sob uma perspectiva cultural. Niterói, RJ: UFF, c2008.
ARIÉS, Philippe. História social da criança e da família. Rio de Janeiro: LTC, 1978.
ARCONI, Marina de Andrade; PRESOTTO, Zelia Maria Neves. Antropologia: uma introdução. São Paulo: Atlas, 2008.
ASSIS, Olney Queiroz; KUMPEL, Vitor Frederico. Manual de antropologia jurídica. São Paulo: Saraiva, 2011.
BARBOSA, Lívia. O jeitinho brasileiro: a arte de ser mais igual do que os outros. Rio de Janeiro: Elsevier, 2006.
DaMATTA, Roberto. A casa e a rua: espaço, cidadania, mulher e morte no Brasil. São Paulo: Brasiliense, 1985.
LAPLANTINE, François. Aprender antropologia. São Paulo: Brasiliense, 1988.
LIMA, Roberto Kant de & NOVAES, Regina Reyes (Org.). Antropologia e Direitos Humanos (Vol.1). Niterói/ Rio de Janeiro: EdUFF, 2005.
LIMA, Roberto Kant. Ensaios de antropologia e de direito. Rio de Janeiro: Lumen Juris, 2009, cap. 2009
KRAUSE-LEMKE, Cibele (Coautor). Cultura, linguagem e educação: relações de poder. Guarapuava, PR: Unicentro, c2008.
SANTOS, Rafael José dos. Antropologia para quem não vai ser antropólogo. Porto Alegre: Tomo, 2005.
SIDEKUM, Antônio. (Org.). Alteridade e multiculturalismo. Ijuí: UNIJUÍ, 2003.
SILVA, Orlando Sampaio et. al. (Org.). A perícia antropológica em processos judiciais. Florianópolis: UFSC, 1994.

Metodologia

Aula 100% on-line, com vídeos aulas e material para leitura para a fixação do conteúdo programático, todo o curso será via plataforma EAD-AJES.

MATRIZ CURRICULAR

ANTROPOLOGIA DO DIREITO - ID 100677 40
Carga Horária Total: 40